PERGUNTAS FREQUENTES - FAQ

 

SOBRE A ILHA DOS ARVOREDOS

O QUE É E ONDE FICA A ILHA DOS ARVOREDOS?

A Ilha dos Arvoredos é um rochedo com 36 mil m² de área, localizado a 1,6 quilômetro da Praia de Pernambuco, em Guarujá, litoral do estado de São Paulo (Brasil). O local inspirou o sonho de vida do engenheiro Fernando Eduardo Lee, que recebeu da Marinha Brasileira a concessão da Ilha para fins científicos. Para dar continuidade a esse legado, foi criada a Fundação Fernando Lee, que desenvolve há décadas, em parceria com a Universidade Unaerp, iniciativas científicas e projetos de preservação do local. E atualmente, em parceria com o Instituto Nova Maré, acontece o projeto Mundo Sustentável.

COMO É REALIZADO O ACESSO ATUAL?

Depois de muitos estudos da dinâmica local, do investimento necessário e das demais complexidades que envolvem a gestão da Ilha dos Arvoredos, a equipe de infraestrutura consolidou o atual acesso por meio da junção de uma ponte e um flutuante. O intuito era trazer mais agilidade no acesso de pessoas à Ilha, ampliar também a quantidade e tipos de embarcações possíveis. Buscamos sempre a melhoria contínua e a sustentabilidade econômica e ambiental de nossas iniciativas.

QUAL O DIFERENCIAL DA ILHA?

O diferencial da Ilha dos Arvoredos é permitir uma imersão na natureza e no mundo da sustentabilidade. Ao longo de toda a Ilha dos Arvoredos, seu idealizador, Fernando Lee, instalou diversos recursos que demonstram tecnologias sustentáveis na prática, em um grande laboratório a céu aberto.

QUAIS SÃO OS EXEMPLOS DE SUSTENTABILIDADE NA ILHA DOS ARVOREDOS?

Na Ilha dos Arvoredos é possível conhecer a história do 1º painel solar da América Latina, entender como funciona o conceito de energia eólica, saber mais sobre o sistema de captação, armazenagem, aquecimento e filtragem de água da chuva tornando a Ilha autossustentável em água potável. Além disso, existem iniciativas para manutenção da fauna e flora marinha e outras tecnologias sustentáveis. E para permitir a interação do público com tudo isso, está sendo implantado o Projeto Mundo Sustentável.

TEM RESTAURANTE NA ILHA DOS ARVOREDOS?

Não há restaurante na Ilha dos Arvoredos, porém, o receptivo terrestre é localizado no restaurante O Farol, na praia do Perequê, onde você poderá desfrutar da culinária caiçara local. Consulte condições diretamente no restaurante ou em suas redes sociais.

PODE MERGULHAR?

Temos proposta de inserção da atividade de mergulho na piscina de água salgada na Ilha, e estamos em busca de parceria que nos ajude a estruturar o local e viabilize esse sonho. Conhece ou é alguém que tenha vontade de empreender e embarcar neste sonho? Fale com a gente pelo contato@inmar.org.br.

 

SOBRE A VISITA

COMO VISITAR A ILHA?

Para visitar, você precisa realizar o agendamento pelo nosso WhatsApp (13) 99637-3288. Basta entrar em contato, que a equipe de atendimento irá te passar os tipos de contribuição, dias e horários disponíveis para o passeio. A contribuição pode ser feita via pix ou cartão de crédito (até 4x sem juros!).

O QUE ESTÁ INCLUSO NO VALOR DO INGRESSO?

O objetivo do Projeto Mundo Sustentável sempre foi, e sempre será, gerar impacto através da promoção e preservação de um dos maiores patrimônios culturais, históricos e ambientais da Baixada Santista. Porém, para preservar todo esse legado, e garantir uma experiência incrível aos nossos visitantes, no valor do ingresso está incluso:

Taxa de Conservação Ambiental

+ Seguro de vida individual

+ Passeio de barco pelas praias do Perequê e Pernambuco

+ Roteiro guiado: contando as histórias das atrações e os mistérios da Ilha, e a exposição de fotos do acervo histórico das construções das tecnologias sustentáveis.

O QUE É TAXA DE CONSERVAÇÃO AMBIENTAL?

A Ilha dos Arvoredos é um dos grandes patrimônios ambientais da Baixada Santista, e para continuar a conservação deste legado esta contribuição foi delimitada.

O QUE ACONTECE EM CASO DE CHUVA?

Na Política de Cancelamento você pode conferir quais condições são analisadas para sua segurança e, no caso de chuvas, avaliamos a incidência de raios e seu volume. Em caso de qualquer nível de incidência de raios não haverá visitas, porém, chuvas leves podem ser toleradas. Em caso de cancelamento por condições climáticas não favoráveis, o visitante pode escolher uma nova data ou cancelar o ingresso (estorno do pagamento).

ONDE ACONTECE O EMBARQUE?

O embarque acontece próximo do receptivo, local onde é feito o check-in da visita.
Endereço do receptivo: Restaurante O Farol
Estrada Bertioga, 1946 - Km 7 - Balneário Praia do Perequê.

QUEM TEM DIREITO A MEIA-ENTRADA?

O Projeto Mundo Sustentável não possui fins lucrativos, sendo assim, a meia entrada acaba ficando abaixo dos custos de operação por visitante individual, fato este, que prejudica em termos de manutenção e longevidade da iniciativa. Seguiram-se as prerrogativas dispostas na Lei nº 12.933, de 26 de dezembro de 2013: "Estudantes, idosos, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos comprovadamente carentes em espetáculos artístico-culturais e esportivos".

 

SOBRE O PROJETO MUNDO SUSTENTÁVEL

O QUE É O PROJETO MUNDO SUSTENTÁVEL?

O Projeto Mundo Sustentável, elaborado pelo Instituto Nova Maré (INMAR) e Fundação Fernando Eduardo Lee (FFEL), apresenta a Ilha dos Arvoredos como um marco na sustentabilidade brasileira, em uma exposição permanente e um amplo e disruptivo projeto de educação ambiental e inserindo-a no roteiro mundial de ecoturismo. A iniciativa é embasada na tese de doutorado da pesquisadora voluntária da FFEL / Unaerp, Profa Dra. Priscilla Bonini Ribeiro, que criou um modelo de Educação Ambiental através de metodologias usando a ilha para impulsionar o processo de ensino-aprendizagem, estimulando o protagonismo e a consciência ambiental e propiciando aos visitantes/educandos uma experiência única de aprendizagem na Ilha dos Arvoredos. A proposta foi aprimorada em conjunto entre a pesquisadora e o presidente do INMAR, o engenheiro ambiental Bruno Tacon, surgindo então o projeto Mundo Sustentável.

COMO PARTICIPAR DO PROJETO MUNDO SUSTENTÁVEL?

Você pode participar como voluntário dentro de áreas específicas e que são abertas sob demanda dentro do projeto Mundo Sustentável. Seu voluntariado pode ser voltado ao auxílio a conservação da Ilha, auxílio nos roteiros e imersões educativas ou ainda sendo responsável por projetos a serem desenvolvidos internamente em conjunto com os colaboradores do Instituto Nova Maré, organismo gestor da Ilha, em parceria com a Fundação Fernando Eduardo Lee. Todos os programas abertos são divulgados nos canais de comunicação, bem como vagas específicas.

Sua participação também pode ser realizada por meio de doações de equipamentos, materiais ou valores financeiros, envie um e-mail para contato@inmar.org.br, para saber mais sobre essa forma de estar presente!

FUNDAÇÃO FERNANDO EDUARDO LEE

Criada em 1983 por Fernando Eduardo Lee (considerado por muitos o pai da Sustentabilidade no Brasil), a Fundação é detentora da concessão da Ilha e foi idealizada para continuar os projetos neste laboratório a céu aberto em prol da Humanidade. Ao longo de décadas, a Fundação realiza diversos estudos e projetos para promover e difundir conhecimento por meio da natureza científica e ambiental da Ilha dos Arvoredos. Atualmente, em parceria com a UNAERP e o INMAR, dão continuidade ao sonho de seu fundador, e ao implantar o projeto Mundo Sustentável, permitirá ao público interagir com esse legado.

INSTITUTO NOVA MARÉ

Formalizado em Setembro de 2019 o Instituto Nova Maré – INMAR foi idealizado durante mais de 5 anos por seu presidente fundador Bruno Tacon, com a intenção de criar um movimento de transformação social que usa a ciência como base para fomentar o Desenvolvimento Sustentável através de serviços e projetos Socioambientais, sendo exemplo de governança no terceiro setor. Atualmente o INMAR é formado por um grupo de profissionais multidisciplinares, auxiliando na preservação e renaturalização da região da APA Marinha Litoral Centro do Estado de São Paulo, focados no atingimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, influenciando políticas públicas eficazes e com uma visão ampla e coletiva.